Ferrari 458 Speciale

2014-Ferrari-458-Speciale-front-three-quarters-04

Até então a 458 Speciale é a última Ferrari de motor central aspirado, o carro é exatamente o que o seu nome sugere uma Ferrari Italia 458 especial, ainda mais especial no caso, é a sucessora espiritual da 430 Scuderia, especial porque é ainda mais focada em desempenho e em condução extrema. Uma máquina para aqueles que preferem usar seus carros ao extremo em autódromos ao invés de usá-los no dia a dia, tarefa da qual não é nenhum sacrifício para a Speciale mas as pistas de corridas é seu habitat natural.

2014-Ferrari-458-Speciale-side-static-03

O modelo pesa 1388 quilos, 90 quilos mais leve do que a versão da qual se deriva, 40 cavalos mais potente atingindo a marca dos 600 cavalos no motor V8 4.5 litros aspirado, números que conferem uma relação peso/potência de 2,31 kg/cavalo. Todas essas melhorias para alcançar as marcas de 0-100 km/h em três segundos e uma volta em Fiorano em 1m23s, 0,2 e 1,5 segundos mais rápido que o modelo padrão, respectivamente.

2014-Ferrari-458-Speciale-wheels
Pinças de freio Brembo e disco de carbono cerâmica.

Seus apêndices aerodinâmicos foram desenvolvidos no mesmo túnel de vento utilizado para construir os carros de Fórmula 1 da Scuderia, entre eles difusor traseiro ativo e suas asas winglets, como as presentes em alguns aviões a jato, no centro do para-choque dianteiro há duas portas de admissão de ar com aberturas controladas eletronicamente para gerar mais downforce ou menos arrasto aerodinâmico de acordo com a necessidade. A Speciale é equipada com um novo sistema de controle de tração mais avançado e incorporado a central eletrônica, equipamento no qual muitos especialistas disseram ser mágico e em conjunto com os pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 garantem um controle e qualidade de rolagem que fazem de você um herói ao volante.

2014-Ferrari-458-Speciale-rear-three-quarter

Imagine um Italia 458 mais rígida, responsiva e selvagem, com um conta giros bem na sua frente com disposição de sobra para girar até as 9 mil rotações. é difícil imaginar mas a Speciale é exatamente isso, um motor com taxa de compressão de 14:1, coletores de admissão preparados, pistões exclusivos e comando de válvulas com perfil mais agressivo. Seu motor 4.5 litros gera 600 cavalos, uma potência específica de 133 cavalos por litro, essa marca lhe confere o título de motor aspirado mais potente que equipava um carro de produção em 2014 quando lançada.

Se todos esses números parecem assustadores, há um sistema de controle de tração inteligente que ajuda pilotos comuns a fazerem coisas extraordinárias com completa segurança. Múltiplos sensores espalhados pelo carro alimentam a central eletrônica com muitas informações, conseguindo controlar o ângulo de derrapagem em curva através do diferencial com vetorização de torque, Ediff tecnologia desenvolvida pela Ferrari, e mantendo o carro em segurança mesmo com a traseira solta, isso significa um ESP menos intrusivo que lhe permite conduzir de forma mais abusiva mas sem abrir mão da segurança.

A 458 Speciale é tão competente que faz o carro do qual é derivado parecer obsoleto, suas trocas de marchas são 44 por cento mais rápidas, tornando-a um carro para aqueles que realmente apreciam a arte de conduzir esportivamente. A Speciale não conta com as forrações em carpetes e não há nem porta luvas, mas faz dela um carro apenas menos utilizável nas ruas do que a Itália, mas mantém ainda a boa ergonomia e o volante carregado de botões que controlam diversos equipamentos do carro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s